Governo trabalha no combate a incêndios florestais, diz ministro do Meio Ambiente

Notícias 2019 Adicionar Comentário

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que o governo federal está empenhado em combater queimadas e incêndios florestais que atingem estados da Amazônia. “É uma parceria do governo federal com todos os estados da região, envolvendo o Prevfogo, o Ibama e o ICMBio” afirmou após sobrevoar, no Mato Grosso, os municípios de Sinop e Sorriso, o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães e parte da capital do estado.  

“No caso aqui da Chapada (dos Veadeiros) foram 69 brigadistas do ICMbio e Ibama, mais 20 do Corpo de Bombeiros do Estado (Mato Grosso), quatro aeronaves utilizadas e o fogo foi extinto agora no domingo”, explicou em entrevista no Centro Integrado de Operações Especiais, no Aeroporto Internacional de Cuiabá.

Segundo o ministro Ricardo Salles, dois tipos de focos de incêndio foram verificados: intencionais e incidentais. E afirmou que supostas queimadas intencionais na região serão punidas. “Nesses casos, vamos investigar e punir os responsáveis”, afirmou. “Todas as atividades criminosas, desacordo com a lei, precisam ser duramente punidas”, ressaltou.

Salles assegurou ainda que o governo está decidido a investir o que for necessário para conter o fogo e que não há cortes na destinação de recursos para as atividades de prevenção e combate a incêndios florestais no âmbito do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), autarquias do ministério.

“Não há corte na destinação final de recursos do trabalho de incêndios. Tanto que nós estamos com o mesmo número de brigadistas atuando da mesma forma. Tinha quatro aeronaves trabalhando aqui para apagar o fogo da Chapada (dos Veadeiros). Agora é um clima que está mais seco, quente, com mais vento e isso propicia uma propagação maior dos focos”, disse.

Fonte: Governo do Brasil

Deixe seu comentário



Powered by EN™ - Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Siga-nos no Facebook Acessar