Despoluição da Baía de Guanabara (RJ) conta com apoio do governo federal

Notícias 2019 Adicionar Comentário

Em cerimônia realizada no Rebocador Laurindo Pitta, no Porto do Rio de Janeiro, órgãos dos governos federal e fluminense, além de entidades da sociedade civil, assinaram uma carta de intenções para a despoluição da Baía de Guanabara. O acordo foi firmado no último sábado (16) entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA), Marinha do Brasil, Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade do Rio de Janeiro, Fundação SOS Mata Atlântica, AquaRio, Museu do Amanhã e Instituto Rumo Náutico, entre outras instituições.

A carta de intenções confirma o interesse comum na implementação de ações que possam reduzir a poluição das águas daquele que é um dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro. “A Baía de Guanabara é um ícone para o Brasil, não só para o Rio de Janeiro”, ressaltou o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. “Esse é um tema em que é importante a parceria do governo federal, dos governos estaduais e dos municípios. Todos precisam estar engajados no mesmo espírito de resolver o problema”, acrescentou.

Desenvolvimento Sustentável

As ações voltadas à preservação de ambientes aquáticos e melhoria da qualidade das águas fazem parte das 17 metas de desenvolvimento sustentável estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) e assumidas pelo Brasil. Entre as metas que buscam o uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos está a que procura assegurar a disponibilidade e a gestão da água e saneamento para todas e todos.

 

Fonte:  Governo do Brasil

Deixe seu comentário



Powered by EN™ - Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Siga-nos no Facebook Acessar